Arquivo da categoria ‘corpo educação intruso sincronicidade conectividade processos criativos carla vendramin carolina teixeira estela lapponi ana luiza reis’

Este ano resolvemos transformar as oficinas no que chamamos de Encontro com… porque compreendemos a importância de aproveitarmos as convidadas de maneira mais efetiva. Então cada uma terá das 09h às 12h para desenvolver suas pesquisas, apresentar seus projetos, seus estudos de forma mais livre. Utilizando exercícios corporais, bate-papos, videos, deslocando-se do ambiente da sala para outros do Espaço Xisto… enfim, tiramos a palavra oficina porque poderia restringir a compreensão da proposta e transformamos em Encontro com: Ana Luiza Reis (Salvador), Carolina Teixeira (Natal), Estela Lapponi (São Paulo) e Carla Vendramin (Porto Alegre).

Os temas desenvolvidos por elas são:

O CORPO NA EDUCAÇÃO (Ana Luiza Reis)
Quando falamos sobre o corpo no processo educativo levamos em consideração a diversidade dos corpos? O corpo foi negado, ignorado em detrimento da super valorização do intelecto e aos poucos suas diferenças foram sendo caladas, silenciadas e sempre que apareciam, apareciam em forma de estranhamento. Refletir sobre a relação do corpo no sistema educacional, historicamente, despertando o pensar sobre possibilidades e propostas para intervenções educacionais, especialmente, nos moldes atuais da educação inclusiva.
Ana Luiza pretende trabalhar sob esta reflexão através do Danceability que é um método de dança, movimento e comunicação não verbal que integra pessoas com e sem deficiência.
CORPO INTRUSO_Zuleika Brit (Estela Lapponi)
O tema Corpo Intruso surgiu quando Estela viveu (2009/2010) por 6 meses na cidade de Macerata, Região de Marche na Itália. Esta vivência abriu seus olhos em relação ao ser imigrante e por consequência ao que não está convidado, ao que está fora de contexto cultural e ao que está em choque cultural.
No Máster em Prática Cênica e Cultura Visual em Madrid deu início à investigação cênica do tema Corpo Intruso e conforme os estudos, workshops e trocas artísticas foram avançando, Lapponi chegou a determinados aspectos do tema que até o presente momento apresenta-se da seguinte maneira:
Tudo o que:
Não está convidado
Está fora de contexto
Não nos damos conta
Te tira do centro Desarticula o cotidiano
Causa atração e temor
É “Feio”
É Fragil
É Estranho
No Entanto pode ser:
Engraçado
Gracioso
E ter certo humor…
ME PERTENCE!
E TUDO ISSO EU CHAMO DE CORPO INTRUSO.
Sincronicidade e conectividade na relação do corpo com o espaço e do corpo com outros corpos (Carla Vendramin)
Os temas sincronicidade e conectividade serão desenvolvidos dentro do estúdio e fora dele. O modo de desenvolver estes temas será através de atividades propostas de movimento, que exploram relações entres corpos e relações do corpo no espaço, criando danças curtas.
As relações de sincronicidade e conectividade entre corpos serão exploradas através de improvisação em dança, com a elaboração de tarefas específicas para o desenvolvimento de improvisação estruturada.
Esta proposta é centrada na pesquisa que Carla Vendramin vem desenvolvendo desde 2003, com projetos do prêmio Vitae de Dança, Live Art Garden Initiative, InVivo Movement Research e Corpo&Ambiente, e instalação coreográfica realizada este ano, em Porto Alegre com as bailarinas Julie Cleves e Mickaella Dantas, o qual recebeu financiamento do FUMPROARTE.
Processos Criativos para o Corpo e(m) Cena (Carolina Teixeira)
Estimular a criação cênica, através de procedimentos corporais individuais e coletivos, na busca de questionamentos sobre as diversas categorizações de corpo na sociedade contemporânea. Destinado aos estudantes de arte, pesquisadores da cena, atores e bailarinos, alunos pessoas com deficiência, onde serão propostas discussões e atividades práticas para o corpo, utilizando-se de técnicas de improvisação, com base na antropologia teatral de preparação de atores e método pré-expressivo, além de técnicas voltadas ao aprofundamento das impossibilidades físicas de movimento e atuação cênica.
Anúncios