Arquivo de novembro, 2011

Estela Lapponi em conversa na UFBA

Publicado: 30 de novembro de 2011 em Sem categoria

Ontem, dia 29/11, Estela Lapponi falou aos alunos da disciplina Estudos do Corpo II, da Profª Drª Lenira Rengel, na Escola de Dança da UFBA. A artista falou de sua formação e experiência profissional, lembrando trabalhos como Cadeira falando sem tabu, Incômodo ser eu só tanta gente e conversou com o grupo do Bacharelado Interdisciplinar sobre sua atual pesquisa “Corpo Intruso”.

Este encontro foi organizado pelas professoras Lenira rengel e Fafá Daltro. Recebemos a visita de outros professores da Escola de Dança, como David Iannitelli e Lúcia Matos e recebemos o sempre presente apoio de Ana Cecília Soares.

Os trabalhos de Estela podem ser conferidos em seus blogs:

http://incena25.blogspot.com/
http://zuleikabrit.blogspot.com/

Foto de Ana Cecília Soares

foto de Ana Cecília Soares

Anúncios

As atividades do 2º Encontro O que é isso? de Dança continuam hoje às 18h:30min na Escola de Dança da UFBA, com a ação da residência artística de Estela Lapponi, apresentando sua pesquisa sobre O Corpo Intruso para visitantes e alunos da disciplina Estudos do Corpo II, da Profª Drª Lenira Rengel. A residência Artística ficará até dia 08/12.

Dia 30/11, a intérprete-criadora Estela Lapponi, apresentará Mapa Ferido, um exercício cênico do processo de investigação do Corpo Intruso, dentro do Master em Práticas cênicas e cultura visual da Universidad de Alcala (Espanha). A performance fará parte do Painel Coreográfico da Escola de Dança da UFBA, em Ondina.

Acompanhe aqui os textos de Manifesto Anti-inclusão escrito por Estela Lapponi

http://incena25.blogspot.com/ http://zuleikabrit.blogspot.com/

A última semana da residência artística de Estela Lapponi, está agitadíssima! Amanhã, dia 06 de Dezembro, Estela Lapponi estará do II Seminário de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação. A temática do evento será “Dialógos teóricopráticos em processos e configurações de dança”. Este Seminário contará com a participação de professores, estudantes, ex-alunos, bolsistas PIBIC e PIBID, além de convidados, e visa promover debates acerca da natureza da pesquisa em Dança. Lapponi será convidada da Profª Drªa Fátima Daltro na mesa 5 – COMUNICAÇÕES DEMONSTRATIVAS, onde a professora da UFBA apresentará o trabalho “Acessibilidade em trânsito poético: eficiências da dança no corpo da pessoa com deficiência”, às 11 horas.

Logo em seguida, Estela seguirá para a UNEB, onde participará do FÓRUM PERMANENTE DE FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA, com a temática central Arte Inclusiva, às 14h:30min, na mesa sobre mídia.

27.11 | Sabado | Espaço Xisto | Palacete das Artes RONDIN

Foi um encontro lindo e muito forte, ainda estou processando isso no meu corpo. O nosso objetivo era realizar realmente um encontro e não uma espetacularização do evento.
Muito obrigado a todos que prestigiaram, amigos e parceiros”.

Foi com essas palavras, que o coreógrafo, dançarino e curador Edu O. encerrou o 2º Encontro o que é isso? de dança, neste domingo (27), no Palacete das Artes Rodin Bahia, na Graça.

A programação do último dia do evento começou, às 09h, no Espaço Xisto Bahia, apresentando oficinas com Carolina Teixeira (Corpocena oficina em movimento: percepção e autonomia criativa) e Carla Vendramin (Sincronicidade e conectividade na relação do corpo com o espaço e do corpo com outros corpos). Depois, todos participaram do Cirandão com Ninha Cunha e Ana Rita Ferraz.

Quem não compareceu, perdeu a apresentação especial do espetáculo de dança “Judite quer chorar, mas não consegue!”. O solo de Edu O., reflete sobre angústia, superação e outras aflições da mente humana através da metáfora de uma lagarta que não quer se tornar borboleta.

Para finalizar a programação, Estela Lapponi convidou Edu O, Clara Trigo e Jeferson Beltrão para participarem da Mesa – Discussões que perturbam o corpo (Representatividade midiática). Os convidados debateram sobre a falta de apoio e interesse da mídia com os profissionais de dança com deficiência. “A imprensa também tem interesse em cobrir apresentações artísticas com deficientes físicos. Procuramos dar visibilidade para servir de exemplo para outros projetos semelhantes a este. Acontece que a demanda é enorme e constante, e não temos tempo de divulgar tudo que recebemos das assessorias. Partimos do principio do que é de interesse do público. O nosso papel é fazer denúncia e procuramos fazer isso da melhor forma possível”, justificou o jornalista Jeferson Beltrão.

26.11 | Sabado |Espaço Xisto

O segundo dia do 2º Encontro o que é isso? de dança foi marcado por apresentações artísticas, performances e debates, neste sábado (26), no espaço Xisto Bahia. O evento contou com oficinas com Estela Lapponi (O Corpo Intruso) e Ana Luiza Reis (O Corpo na Educação).

O público também conferiu o Cirandão com os alunos e monitores da Atividade Curricular em Comunidade (ACC) da UFBA. De acordo com a professora e monitora, Cátia Assunção o grande objetivo do Cirandão é demonstrar a metodologia cientifica da ACCDANA59. “Tudo que discutimos acontece nos encontros e sensibiliza o público, além de promover a visibilidade dos dançarinos com deficiência e mostrar que ser deficiente não limita a parte criativa do dançarino”, relatou Cátia. Os participantes se emocionaram ao contar sobre a proposta educativa, cultural e cientifica da ACC. “Quando comecei a participar das aulas da ACC, aprendi sobre o mundo da dança. Fafá Daltro e Cátia Assunção me ensinaram o significado dessa arte”, disse a aluna, Ana Paula dos Santos. Outro depoimento comovente foi da monitora Mailsa Borges. “Estou feliz em participar da programação do projeto. A dança para mim é uma arte especial. Trabalhar com eles faz muita diferença na minha vida”, disse Mailsa.

Em seguida foi a vez de todos apreciarem a apresentação artística com audiodescrição, “As Borboletas”, do Núcleo VAGAPARA. O espetáculo de dança é inspirado no conto ‘Uma história de borboletas’, de Caio F. Abreu. Os coreógrafos Lucas Valentim e Thulio Guzman arrancaram aplausos do público.

O encontro ainda contou com debates sobre Políticas Públicas, com Carolina Teixeira, Lucas Valentim, Thulio Guzman, Flávia Cintra (virtual), Carla Vendramin e Marília Cavalcante.

Fechando a noite, todos assistiram a performance de Estela Lapponi, em Intento 3257,5.

25.11 | Sexta feira |Espaço Xisto

O 2º Encontro o que é isso? de dança iniciou a sua programação, na noite de ontem (25), no Espaço Xisto Bahia, nos Barris, em Salvador. O público conferiu a apresentação artística do espetáculo Pequetitas Coisas Entre Nós mesmos do Grupo X de Improvisação em Dança, com audiodescrição. Em seguida o evento recebeu a coreógrafa e coordenadora do projeto Fafá Daltro, a diretora teatral Lenira Rengel e a atriz, intérprete e dançarina Estela Lapponi para um diálogo traduzido em LIBRAS, a respeito da inclusão social dos artistas/dançarinos com deficiência e sobre a invisibilidade e representatividade midiática desses grupos profissionais. Entre os convidados que marcaram presença no encontro, estava o Superintendente dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Alexandre Baroni, que também debateu sobre o tema.

Espetáculo Pequetitas Coisas Entre Nós mesmos do Grupo X de Improvisação em Dança

Diálogo a respeito da inclusão social dos artistas/dançarinos com deficiência e sobre a invisibilidade e representatividade midiática desses grupos profissionais. Grupo X de Improvisação, coordenadora do projeto Fafá Daltro, a diretora teatral Lenira Rengel e a atriz, intérprete e dançarina Estela Lapponi

Superintendente dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Alexandre Baroni

Submissão de Trabalhos

Publicado: 15 de novembro de 2011 em Sem categoria

Cada participante tem direito a submeter trabalho com exposição de até 15 minutos, no formato de: comunicação oral, posters, comunicação demonstrativa.

As propostas deverão constar de título, autor, relato de experiência relacionado à pesquisa a ser apresentada, fotos e videos para facilitar a análise do trabalho. O texto deverá estar organizado em formato justificado, espaço 1,5, fonte ARIAL corpo 12, com o máximo de 5.000 caracteres, incluindo espaços.

PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA REVISTA FACED
Os artigos deverão abordar processos de construção do conhecimento via dança e relacionados à temática do Encontro. Devidamente formatados, revisados seguindo as normas da Revista FACED e atendendo às especificações da ABNT.

Nota: O encaminhamento dos trabalhos e artigos deverá ser feito até o dia 15 de Novembro de 2011.

Os trabalhos aceitos serão divulgados no blog até o dia 18 de novembro de 2011.

Os inscritos deverão informar os seguintes dados no campo abaixo:

Nome Completo
Endereço
Número do RG e CPF

Breve currículo (10 linhas)
Comprovante de depósito/transferência scaneado

Dados para pagamento das inscrições:

R$ 40,00 (profissionais) R$ 20,00 (estudantes)

Banco do Brasil
agência 3457-6
conta corrente 803641-1
Fátima Campos Daltro de Castro

Cirandões – Programação

Publicado: 11 de novembro de 2011 em Sem categoria

26/11
Cirandão 1 – 14h às 16h
Convidado:
Projeto Poética da Diferença/ACCDANA59 E OS MONITORES DO ACC
—————————————————————————–
27/11
Cirandão 2 – 14h às 16h
Convidada:
Ninfa Cunha e Ana Rita Ferraz